20 abril 2017

Não perca tempo na cozinha, receita super prática e fácil


Oi pessoal tudo bem com vocês? hoje trago uma receitinha super especial e simples que qualquer pessoa pode fazer em casa que é a pizza de frigideira. Ah e também esse é o primeiro post culinário aqui do blog. Tem dias que a gente está super afim de comer algo gostoso e não temos tempo para ficarmos horas na frente do fogão ou no nosso caso aqui, que é uma deliciosa pizza a gente não quer esperar tanto tempo na pizzaria ou por tele entrega que uma pizza fique pronta e sem contar que você compra uma pizza pequena ou grande se a família for grandona hehe! come, fica com fome e ainda acaba gastando uma fortuna. Siga essas dicas que você vai ver como valeu a pena economizar um dinheirinho.

Ingredientes para a massa: 

1 xícara de farinha de trigo
1/4 de xícara de água morna
1 colher de chá de sal

 Para o molho

1 tomate bem vermelhinho
1/2 cebola bem picadinha
1 dente de alho bem esmagadinho
1 Fio de azeite
1/2 pimentão
1/2 Kg de carne moída

OBS: Para essa receita eu usei a carne moída, mas vocês podem fazer com frango desfiado ou só o molho de tomate mesmo, o molho é da preferência de cada um!

Modo de preparo: 

Para fazermos a massa, você vai precisar de um recipiente para misturar os ingredientes. Coloque no recipiente a farinha de trigo o sal deem uma mexida e depois coloquem a água. Lembrando que essa massa não pode grudar nas mãos, quando não grudar está no ponto correto. Vai misturando tudo com a mão mesmo e depois vai criar uma massinha daí a gente precisa abrir ela com um rolo para ela ficar redondinha assim.


Para fritar é bom ter uma frigideira anti aderente como eu não tinha aqui em casa eu coloquei um pouquinho de azeite para ela não grudar no fundo. Primeiro a gente faz um lado só e depois o outro lado, quando os dois lados estiverem fritinhos está na hora de colocarmos o nosso molho. Para fazer o molho não tem segredo coloque um fio de óleo na panela em seguida ponha só a carne moída e deixa ela fritar bem, quando ela não estiver mais vermelha coloque a cebola, o olho, o pimentão o tomate, e o sal mecha tudo muito bem, veja se o sal está a seu gosto e depois pode até colocar um colorau ou uma massa de tomate para dar uma corzinha, mesmo colocando só o tomate não fica um molho bem vermelhinho então vale a pena investir nos temperos a mais ai e claro um pouquinho de água para o nosso molho ficar molhadinho mas não muito ok? mecha tudo e está pronto nosso molho. Aí é só colocar o molho por cima da nossa massa, ponha queijo se você quiser também e o tempero que não pode faltar de jeito nenhum em qualquer pizza que é o orégano ponha bastante e bom apetite.  Bjs :*






26 março 2017

Resenha do filme Três mulheres, Três amores | 1988

Oi pessoal tudo bem com vocês? hoje eu falarei um pouquinho sobre esse filme sensacional que eu assisti esses dias na Netflix. Eu simplesmente amei e recomendo muito que vocês assistam vale super a pena. A minha vida basicamente se resume em Netflix, filme é uma de muitas paixões minhas. Então obviamente eu adoro falar sobre filmes para vocês. 

O filme:



Como o próprio título já diz é a história de "três mulheres e seus três amores". A personagem de Julia Roberts e Annabeth Gish são irmãs e trabalham em uma pizzaria chamada "Mystic Pizza" com a melhor amiga Jojo, personagem de Lili Taylor. Julia interpreta a desenfreada Daisy e Annabeth interpreta a certinha Kat.

Pontos Positivos:


"Mystic Pizza" é a cara dos romances da década de 80. Tem um Q de independência bacana e até possui um empoderamento por parte das protagonistas, ainda mais quando uma delas grita para o namorado "que era os anos 80 e que ela não precisava se casar com ele se não quisesse", óbvio que isso aparece solto e como um ato de rebeldia, mas acaba sendo engraçado e interessante, afinal, as mulheres ainda não tinham "voz" naquela época. Quer dizer, a família ainda era uma imposição considerável (não é?). Se bem que, não que tenha melhorado muita coisa, não é? Em todo caso, em 1988, Cher dominava as paradas (isso pode ser um ponto a ser analisado?).

Por conta de ser centrado em três mulheres, o filme possui algumas questões bacanas, mas claro que nada é muito trabalhado ou aprofundado, mas para uma comédia romântica de 1988, até que "Três Mulheres, Três Amores" levanta algumas reflexões. Todas as personagens estão em entrelaçadas em relações conflituosas e o "the end" das três é o esperado e não necessariamente o "imposto por Hollywood", sabe?


O filme é praticamente o primeiro filme de Julia Roberts que até então só tinha feito algumas participações na TV e um único filme. É perceptível que a atriz iria estourar: Julia está linda e entrega uma atuação concisa (e lembra bastante a personagem que a tornaria um hit, a Vivian de "Uma Linda Mulher"). O entrosamento entre as três protagonistas também é um destaque ser considerado. No viés dramático, o filme entrega o que todo filme dos anos 80 entrega: problemas com o coração, problemas com homens bonitos e problemas com homens casados e ricos. É basicamente isso.
 E Julia Roberts sempre maravilhosa e com o visual mais incrível que eu conheço, amo os filmes que tenham a participação dela. 



 Pontos Negativos:  

Na verdade o único ponto negativo que eu achei do filme é que a Kat não ficou com o bonitão Nerd seu "patrão", pois Kat cuidava de sua filha. Kat era uma mulher super estudiosa e nerd e ela sempre dizia que queria trabalhar para poder guardar dinheiro para a faculdade. Então ela arrumou esse emprego temporário mas que a levou a se apaixonar por um homem casado. Para aquela época não era muito comum esse tipo de coisa, mas vimos que em 2017 existem coisas muito piores que isso. Mas o filme é excelente e nada deixa a desejar. 

E para encerrar esse post olha os homens dos anos 80!



Fonte dessa postagem: Os filmes de Gilmore Girls | Algumas adaptações: Por Vanessa Helena



25 março 2017

Playlist ♥ três músicas favoritas do momento

Hoje, postarei três musicas que ultimamente não andam saindo da minha cabeça, graças a deus que eu tenho um bom gosto. Sou super modesta risos, mas agradeço muito por meus pais na minha infância terem me deixado esse belíssimo presente que é o bom e velho Rock N' Roll. Espero que vocês gostem, e assim é uma forma de vocês conhecerem um pouco mais de meus gostos.


1. Bruce Dickinson - Tears of The Dragon 




Música maravilhosa, vale muito a pena ouvir. 

2. Bruce Springsteen - Dancing In the Dark 


 Esses Bruce. <3

Billy Joel - A Matter of Trust 


Essa da uma vontade de dançar, a segunda e essa são dançantes. 

Existe tantas músicas e bandas que eu sou apaixonada, mas eu quis colocar as mais ouvidas nos últimos dias. E aí gostaram? Beijos